Notícias

Fundação Lemann e MIT selecionam projetos de educação mão na massa

Fev 07, 2018 | Comentários

Desafio Aprendizagem Criativa Brasil 2018 oferece apoio financeiro e mentoria ao longo do ano para fortalecer produtos, novas tecnologias e serviços

Seu projeto de inovação feito para transformar a educação e tornar a aprendizagem mão na massa, significativa, colaborativa e lúdica tem a chance de sair do papel, crescer e atingir mais alunos, professores e, quem sabe, redes públicas de ensino. Tudo isso será possível por meio do Desafio Aprendizagem Criativa Brasil, uma iniciativa da Fundação Lemann em parceria com o MIT Media Lab, o laboratório de inovação do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos.

Além de uma bolsa de US$ 3 mil (R$ 9,6 mil) para atividades relacionadas ao projeto, os empreendedores ou educadores terão a chance de participar de eventos de inovação na educação, além de uma mentoria semanal para desenvolver suas iniciativas ao longo de 2018. Outro diferencial do desafio é a possibilidade de visitar o MIT Media Lab para conversar com professores da universidade e visitar escolas que desenvolvem projetos inovadores nos Estados Unidos.

“No ano passado recebemos 198 propostas e selecionamos oito. Sempre procuramos incentivar uma diversidade geográfica (pelo menos uma de cada região do país) e temática (uma que tenha como destaque a tecnologia, outra a comunidade, outra a escola). Foi muito difícil porque dessas 198, umas 50 estavam muito boas e competitivas”, diz Leo Burd, diretor do programa de Aprendizagem Criativa e pesquisador do MIT Media Lab. Segundo Burd, existe um projeto de construir no site do projeto um banco de atividades criativas que estão sendo desenvolvidas por educadores brasileiros.

Sobre o uso da tecnologia, o pesquisador descreve como uma necessidade orgânica, e não para funcionar como uma vitrine. “A tecnologia vai ser usada sempre, seja para tirar fotografia do projeto, documentar ou compartilhar. Mas a tecnologia em si não é o objetivo. Queremos inclusive entender nos projetos mais criativos qual é o papel que ela pode exercer, mas de uma forma natural”, descreve. Por isso, diz Burd, a troca entre os selecionados e o pessoal do MIT ajuda a abrir horizontes. Na edição, “quem não usava, passou a ver que poderia haver uma integração e, os que já tinham um produto baseado em tecnologia puderam conhecer usos que não imaginavam para suas ferramentas.

As inscrições para o processo seletivo vão até o dia 9 de fevereiro e podem ser feitas no site: http://bit.ly/AprendizagemCriativa2018

– Conheça os 8 projetos selecionados em 2017
– Acesse a chamada de projetos detalhada
– Preencha o formulário de inscrição

Veja fotos das atividades do grupo selecionado em 2017


Visita ao MIT Media Lab – Crédito: Fundação Lemann


Visita ao MIT Media Lab – Crédito: Fundação Lemann


Visita ao MIT Media Lab – Crédito: Fundação Lemann


Mattics en
sina estrutura computacional por meio do Scratch – Crédito: Milenna Medrado

Fonte: Portal Porvir - Vinícius de Oliveira

Compartilhe:

Postagens Recentes

Inadimplência das empresas cresce 1,9%...

Ago 17

Inadimplência depende de emprego e...

Ago 14

DCTFWeb entra em vigor a partir do mês...

Ago 13

Especialista alerta empresas sobre...

Ago 10

Prefeitura de São Paulo implementa...

Ago 09

Conheça 4 projetos de educação que...

Ago 08

Ansiedade matemática tem origem em...

Ago 08

Como funciona o Sistema...

Ago 08