Notícias

Fundação Lemann e MIT selecionam projetos de educação mão na massa

Fev 07, 2018 | Comentários

Desafio Aprendizagem Criativa Brasil 2018 oferece apoio financeiro e mentoria ao longo do ano para fortalecer produtos, novas tecnologias e serviços

Seu projeto de inovação feito para transformar a educação e tornar a aprendizagem mão na massa, significativa, colaborativa e lúdica tem a chance de sair do papel, crescer e atingir mais alunos, professores e, quem sabe, redes públicas de ensino. Tudo isso será possível por meio do Desafio Aprendizagem Criativa Brasil, uma iniciativa da Fundação Lemann em parceria com o MIT Media Lab, o laboratório de inovação do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos.

Além de uma bolsa de US$ 3 mil (R$ 9,6 mil) para atividades relacionadas ao projeto, os empreendedores ou educadores terão a chance de participar de eventos de inovação na educação, além de uma mentoria semanal para desenvolver suas iniciativas ao longo de 2018. Outro diferencial do desafio é a possibilidade de visitar o MIT Media Lab para conversar com professores da universidade e visitar escolas que desenvolvem projetos inovadores nos Estados Unidos.

“No ano passado recebemos 198 propostas e selecionamos oito. Sempre procuramos incentivar uma diversidade geográfica (pelo menos uma de cada região do país) e temática (uma que tenha como destaque a tecnologia, outra a comunidade, outra a escola). Foi muito difícil porque dessas 198, umas 50 estavam muito boas e competitivas”, diz Leo Burd, diretor do programa de Aprendizagem Criativa e pesquisador do MIT Media Lab. Segundo Burd, existe um projeto de construir no site do projeto um banco de atividades criativas que estão sendo desenvolvidas por educadores brasileiros.

Sobre o uso da tecnologia, o pesquisador descreve como uma necessidade orgânica, e não para funcionar como uma vitrine. “A tecnologia vai ser usada sempre, seja para tirar fotografia do projeto, documentar ou compartilhar. Mas a tecnologia em si não é o objetivo. Queremos inclusive entender nos projetos mais criativos qual é o papel que ela pode exercer, mas de uma forma natural”, descreve. Por isso, diz Burd, a troca entre os selecionados e o pessoal do MIT ajuda a abrir horizontes. Na edição, “quem não usava, passou a ver que poderia haver uma integração e, os que já tinham um produto baseado em tecnologia puderam conhecer usos que não imaginavam para suas ferramentas.

As inscrições para o processo seletivo vão até o dia 9 de fevereiro e podem ser feitas no site: http://bit.ly/AprendizagemCriativa2018

– Conheça os 8 projetos selecionados em 2017
– Acesse a chamada de projetos detalhada
– Preencha o formulário de inscrição

Veja fotos das atividades do grupo selecionado em 2017


Visita ao MIT Media Lab – Crédito: Fundação Lemann


Visita ao MIT Media Lab – Crédito: Fundação Lemann


Visita ao MIT Media Lab – Crédito: Fundação Lemann


Mattics en
sina estrutura computacional por meio do Scratch – Crédito: Milenna Medrado

Fonte: Portal Porvir - Vinícius de Oliveira

Compartilhe:

Postagens Recentes

Receita Federal alerta para ação do...

Mai 22

Receita Exigirá Informações "Extras"...

Mai 21

Ser sócio de empresa impede o...

Mai 18

Aposentadoria por idade só poderá ser...

Mai 17

Temer sanciona lei de combate ao...

Mai 16

Empresas querem barrar reforma do...

Mai 15

Após 6 meses, nova lei trabalhista...

Mai 14

Apenas 36% das empresas adotam...

Mai 11