Artigos

O Professor do Século XXI

Jan 02, 2024 | Comentários

Abro a cortina, deste breve conteúdo, com uma constatação familiar: sou neta, filha, irmã e esposa de Professores. Diante deste cenário, meu destino estava traçado: torna-me uma Professora apaixonada pela docência.

Contudo confesso que, dada a mutação dos tempos, este ofício é desafiador: seja pelo conflito de gerações, seja pela era digital. E, diante de tais desafios, Professores do mundo todo, em todos os níveis de ensino, se questionam: como ser um bom Professor no século XXI, tendo em vista que nossas habilidades deverão estar para além da formação acadêmica e da capacidade técnica? 

Neste contexto, reflexões são propostas e induzem à investigação de pautas atuais e totalmente aplicáveis ao cotidiano da seara escolar, especialmente no que tange ao desenvolvimento de habilidades, ou seja, as chamadas skills no mercado de trabalho.

E, quais são as habilidades esperadas do educador do século XXI (rol meramente exemplificativo)? Cooperação, comunicação (diálogo), capacidade de solucionar problemas e de lidar com crises (inclusive ter Planos de Contingência), ter pensamento crítico e, por que não, liderança?  

Com efeito, é nítido o papel do educador enquanto líder: líder de sua vida, de seu tempo, de sua carreira e nas instituições de ensino que, cada vez mais, aderem à prática de gestão participativa/democrática que, por seu turno, tem por escopo mobilizar competências dos diversos atores envolvidos na operação, especialmente em termos de engajamento e sinergia. Vale dizer, trata-se de verdadeira horizontalização na logística da gestão escolar, com o abandono do autoritarismo.

Recomenda-se que o Professor, dentre outros pontos, seja proativo, proponha projetos, trabalhe em parceria, tenha aproximação com os alunos (alunos deixam de ser meros receptores de conteúdo e passam a ser protagonistas), assista às aulas de outros Professores, exercite a empatia, leia textos críticos com outros docentes, continue aprendendo e leve seus anseios, dificuldades e sugestões à Coordenação/Direção da instituição de ensino. O resultado de tais ações, invariavelmente, agregará valor para uma gestão mais participativa e, portanto, democrática, com a visão de quem está na linha de frente da operação. 

E mais: o Professor deve pensar globalmente e agir localmente. É um ator e não o único protagonista neste roteiro cinematográfico chamado educação que contribui para a construção de uma sociedade mais justa, democrática e inclusiva.

Paralelamente, Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDIC) podem e devem ser utilizadas por Professores enquanto potencializadores do aprendizado. Aliás, a própria BNCC- Base Nacional Comum Curricular prevê esta nova realidade. Assim, a utilização de TDIC’s, como metodologias ativas e com novas narrativas digitais, é essencial como ferramenta para o Professor do Século XXI.

Sob outro aspecto, é recomendável que, como em qualquer profissão, o Professor se mantenha em movimento, ou seja, esteja sempre em busca de novas ferramentas a fim de agregar valor à comunidade educacional, dado seu dinamismo. 

Em suma: nós, Professores, devemos ser um terreno fértil para nossos alunos, terreno este onde a zona de conforto não é uma opção.

Dra. Vanessa Ruffa Rodrigues

Gerente da Consultoria Tributária/Terceiro Setor da Meira Fernandes Contabilidade e Gestão. Professora, Escritora e Palestrante. Docente na Escola Superior de Advocacia de São Paulo (ESA-SP), na Escola Aberta do Terceiro Setor e na SGP – Soluções em Gestão Pública. Palestrante na OAB/SP, na OAB/PA, na ALESP (ILP), na AGU e em Universidades (UNIFMU e Anhanguera). Presidente da Comissão do Terceiro Setor da Subseção Pinheiros (São Paulo - SP - 2022 - 2024). Membro Efetivo da Comissão Especial de Privacidade e Proteção de Dados da OAB/SP (2022 – 2024). Membro da Comissão de Igualdade Racial da Subseção Pinheiros (São Paulo – SP – 2022 - 2024). Coordenadora de Atualização Legislativa para Assuntos do Terceiro Setor (OAB/SP – 2013/2018). Relatora da 3ª Câmara de Benefícios da CAASP (2022-2024). Graduada em Direito (FMU). Especialista em Direito Tributário (Mackenzie). Extensão em Direito Tributário e Societário (FGV). Extensão em Tributação do Setor Comercial (FGV). MBA em Gestão de Tributos e Planejamento Tributário (FGV). Compliance Digital (Mackenzie).

Compartilhe:

Artigos Recentes

Declaração do Imposto de Renda Pessoa...

Mar 01

O Professor do Século...

Jan 02

Uma máquina de matrículas chamada...

Nov 01

Adesão das modalidades Teletrabalho -...

Out 02

Assembleia/reunião de sócios: uma...

Ago 01

Cultura digital e Educação: desafios...

Jul 03

Evite custos desnecessários - Planeje...

Jun 06

Conselho de Participação Social e...

Mai 02