Notícias

Juiz cita coronavírus ao substituir prisão preventiva por medidas cautelares

Mar 16, 2020 | Comentários

O juiz Alfredo Santos Couto, da 13ª Vara Criminal de Salvador, decidiu revogar prisão preventiva de dois homens acusados de roubo majorado. A dupla teria assaltado uma mulher e levado seu aparelho celular sob grave ameaça.

Ao analisar o caso, o juiz afirma que há motivos para a manutenção da prisão preventiva, em razão do crime de natureza grave e do histórico dos réus. Segundo o juiz, diante dos antecedentes criminais comprovados, "há fundadas suspeitas que voltem a delinquir" se soltos.

Contudo, o juiz também pondera sobre a crise gerada pela pandemia do coronavírus (Covid-19) em diversas partes do mundo e relatou a projeção que quatro mil pessoas possam estar contaminadas com o vírus no país nos próximos 15 dias.

“Sabemos que as autoridades penitenciárias estão preocupadas e adotarão medidas para isolar os presos de outras pessoas, a fim de evitar a contaminação generalizada. Entretanto, entendo que também devo fazer a nossa parte e imbuído do espírito humanitário, substituo a prisão preventiva por medidas cautelares diversas”, escreveu o magistrado na decisão.

Entre as medidas definidas pelo magistrado estão o comparecimento mensal obrigatório em juízo, não se ausentar por mais do distrito do crime por mais de oito dias e recolhimento ao domicílio até às 22h.

Clique aqui para ler a decisão
0531710-02.2019.8.05.0001

Fonte: Portal Conjur

Compartilhe:

Postagens Recentes

Escolas que oferecem cursos de idiomas,...

Jul 14

Empregadores devem prestar...

Jul 14

Novo comprovante de CNPJ traz mais...

Jul 13

Receita Federal alerta para as datas...

Jul 13

Veja quais pagamentos e tributos foram...

Jul 10

Governo corta auxílio emergencial de...

Jul 09

Caixa TEM passa por atualização...

Jul 08

Presidente sanciona MP que permite...

Jul 07